Melhoria da Qualidade da Saúde da População

barrinha-item.png

A busca por saúde, bem-estar e melhores cuidados de saúde pode estar numa encruzilhada. A pandemia revelou grandes lacunas na qualidade e na equidade do sistema. A preocupação com a segurança, incluindo a segurança da força de trabalho tornaram-se críticas, não sendo possível simplesmente reparar e reconstruir, devemos redesenhar para construir o sistema de saúde do futuro.

 

Melhorar os cuidados de saúde é um empreendimento complexo, sensível a muitas variáveis ambientais e que exige atenção às intervenções baseadas em evidências para demonstrar eficácia e melhorar a qualidade do atendimento.

 

Os benefícios oriundos da evolução tecnológica e digital são inúmeros e seu futuro parece promissor. No entanto, é fundamental que essas novas maneiras de promover à saúde, prevenir e tratar doenças seja melhor difundida e, mais ainda, que as pessoas estejam habilitadas e capacitadas para tal.

 

O campo da qualidade dos cuidados de saúde ainda segue em evolução e continua inexato. No entanto, mais de 50 anos de experiência internacional apontam o caminho para métodos universalmente aplicáveis e práticos de melhoria, que levam em consideração as barreiras e os facilitadores, explorando o conhecimento dos fatores humanos e sistêmicos que afetam a qualidade da atenção à saúde.

 

Os líderes desse sistema têm uma oportunidade real de mudança significativa e duradoura, não podendo deixar este momento passar. A ciência da qualidade e da confiabilidade fornece a direção, o método e as ferramentas necessárias para uma mudança transformacional e sustentável.

 

A assistência segura e de qualidade à saúde é um fator decisivo para o bem-estar e o desenvolvimento das sociedades contemporâneas. A interoperabilidade de informações e a eficiência operacional ganham destaque nesse sentido, uma vez que possibilitam uma assistência de melhor qualidade à menores custos.

Dr. Bruno Cavalcanti Farras
Mara Machado