Avaliação no Modelo Digital

barrinha-item.png

A avaliação no modelo digital tem sido uma ferramenta protagonista para a grande transformação dos Programas de Acreditação de Serviços de Saúde ao redor do mundo.

 

A pandemia pela COVID-19 se mostra uma prova de resistência para todos os programas de acreditação e inúmeras foram as questões surgidas desde o início de 2.020, tais como: será que o processo de avaliação presencial como o conhecemos será viável em um ambiente digital? Trará valor a seus integrantes?

 

Esta mudança complexa e repentina à qual fomos forçados a nos adaptar, modificou não só o modo como muitos pensam, mas também a participação, adesão e entendimento dos gestores no processo de acreditação, que por sua vez teve que se adequar e se ajustar a essa nova realidade.

 

As atuais plataformas digitais disponíveis para avaliação demonstram que é possível realizar o trabalho de maneira eficiente, eficaz e segura. Entretanto, esse processo é muito mais complexo do que ter à disposição uma plataforma de conexão. Foi necessário todo um realinhamento entre as partes, reestruturação e definição do método a ser utilizado e a atualização dos padrões, trabalho este que consome grande esforço e possui uma curva de aprendizado para a compreensão de todos.

 

As organizações de saúde passam por um momento de transição sem volta. Os fluxos de trabalho foram adaptados e a força de trabalho teve que ser reestabelecida em um tipo diferente de equilíbrio de vida, alinhada aos objetivos estratégicos das organizações.

 

A natureza do trabalho no setor saúde e as expectativas relacionadas às suas funções mudaram. A busca pela excelência, agora, se dá através do profissionalismo baseado em valores, respeito aos colaboradores e usuários, integridade e pelo compartilhamento de objetivos.

 

Mais do que uma virada a curto prazo, a avaliação no modelo digital é o grande passo para uma transformação precipitada pela COVID-19.

Dr. Bruno Cavalcanti Farras
Mara Machado