Elevar os padrões de desempenho e as expectativas de melhorias
em segurança

barrinha-item.png

Nos últimos 20 anos, um número crescente de organizações prestadoras de cuidados de saúde começaram a jornada para se tornar uma organização confiável. Por definição, as organizações de alta confiabilidade são aquelas que oferecem cuidados de qualidade, de forma eficaz, eficiente e previsível. 

 

Para muitos, o esforço ainda está longe de apresentar os resultados esperados, afinal esta é uma jornada que leva tempo, esforços consideráveis e a cooperação de todos os atores desse sistema.

 

A busca em fornecer cuidados consistentemente seguros e de alta qualidade, especialmente em face às mudanças de cenário, inovações clínicas e avanços tecnológicos, significa que essa jornada é realmente apenas o começo da institucionalização da qualidade nos processos e nas práticas do trabalho do colaborador.

 

É possível identificar uma série de áreas que obtiveram grande progresso ao longo desse tempo, contudo, após essa crise atual, será necessário um reposicionamento desse movimento, já que o que constituía a alta qualidade anterior a 2020 não é o mesmo que a constitui hoje.

 

Para essa mudança transformadora as organizações precisarão remodelar sua abordagem à qualidade, adotando mudanças de paradigma cultural, envolver todas as partes interessadas em todos os níveis e valorizar a experiência dos profissionais, respeitando acima de tudo as preferências dos usuários.

Dr. Bruno Cavalcanti Farras
Mara Machado